2 de julho de 2009

Texto Informativo


Depois do advento da eletricidade coisas esquisitas aconteceram no teatro Bonfoy, conforme nos esclarece o mestre em ciências agrárias do Noroeste da Grã-Bretanha Edward Goivais: "Chovia muito naquela época, por isto precisamos de navios novos e boa tripulação".O empreiteiro Escocês Briton de Van Oulen acredita que a culpa seja da Nova Zelândia: "nada é como antes", diz sem sequer pestanejar.
Os acionistas da Clora, a melhor empresa de celulares do norte da Ásia, informaram que, devido a este problema "que não pode ser ignorado" a máfia russa talvez reconsidere a contrução de um aqueduto na Turquia. Depois de sete dias esperando sentado na estação Milovee na Jordânia, Michael Mouse imaginou se choveria durante a época das tulipas.
A contragosto de Edward, Mouse desprezou seu pedido por Tulipas no teatro e as deixou no norte da Ásia, argumentando que a Nova Zelândia era agora defendida por Escoceses: "Nesta vida nunca vi nada como isto! Acho que mesmo se Ets surgissem do nada eu não poderia agir com tal desprezo por algo tão fenomenal como esta usina hidréletrica". Na sexta feira passada o empreiteiro declarou o fim da sociedade com o mestre em ciências agrárias.
Como se bastasse isto, a Clora resolveu projetar celulares a vapor: "à moda antiga, trêns enormes eram impulsionados por caldeiras e, embora não muito eficientes, poluíam menos o ar", afirma o acessor Ian Filomhr, que estudou até os quatorze e tornou-se doutor com apenas 16.
Os russos agora esperam algum movimento na Jordânia antes da construção do aqueduto, em Milovee chove bastante e não há tulipas. Segundo o antigo diretor do Bonfoy talvez haja uma chance dependendo da votação em Brasília: "Aqui as coisas estão assim: todo mundo muito ansioso pra saber o que danado vai acontecer com a usina e os filhotes de sabiá encontrados no telhado da padaria, mas pelo menos sabemos que Seu Malaquias não tem seguro pra isto", fala achando graça.
Os ataques terroristas de ontem adiaram a entrevista coletiva com a tripulação boa, anteriormente citada. Agora todos estão usando a padaria como alojamento. Aqui em York os ingleses desacreditam que isto seja o início de uma quarta guerra mundial: "Se você seguir direto vai dar no shopping center, mas se dobrar adiante à esquerda sairá da cidade rumo à capital".
Especula-se que, amanhã à noite, Edgard e Mouse possam finalmente fechar um acordo quanto a isto e os russos poderão começar com a construção. No Havaii os novos navios esperam para atracar no teatro Bonfoy. Falta ainda a aprovação do projeto em Brasília.

7 comentários:

Maria disse...

Han??Num digo endoidou de vez...

Aline disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Eu não te aguento Thiago!!!! Que criatividade do caramba!!!! Com essa eu ri, viu?!!!

Aline disse...

Sem se esquecer da foto, né???? Foto e texto em perfeita harmonia!!!!

Anônimo disse...

A foto do cabra macho está a melhor...era tu quando eras pequeno era?

que texto é esse?
I DON'T UNDERSTAND!
termino de entender vem outra situação,outros contexto...viuxee!!
Complexo que nem tu...tá igual a tu o texto rsrsrs

Érica disse...

Caro Thiago, quando tu dissesses que era o texto mais sem nexo que tu já tinha feito/lido, eu devo admitir que não pensei que fosse tanto!
ahuehau

Foi o primeiro texto teu que eu li, e vou aproveitar o ensejo para dizer-te que escreves muito bem, gostei da forma como você expõe as tuas idéias!

Mas, sinceramente, do texto mesmo eu não tenho muito o que comentar, haja vista eu não ter entendido muita coisa!
:D
Saudações.

Eu disse...

Não vejo por que estão fazendo tanto caso. Pra mim o texto é completamente compreensível.
Agora eu fiquei um pouco preocupado como a máfia russa, qualquer coisa errada pode ter repercusões aqui em brasília.
Mas é melhor deixar isso pra os políticos resolverem.
E eu queria uma tulipa negra.

Silvia disse...

Muito doidão!