7 de setembro de 2006

As Opiniões Variam

O ser humano é dotado da capacidade de crescer, tanto espiritualmente quanto moralmente; para tanto deve estudar bastante, ler e estar aberto ao conhecimento ou à idéia que lhe é oferecida.
De cara é muito bonito entender novos assuntos e discutí-los como se descobrindo a realidade. O problema surge quando seus estudos ou situações estão em desacordo com a sua opinião, quando você é levado a reexaminar sua visão das coisas. Talvez isso não seja tão problemático do ponto de vista do conhecimento científico, mas é certamente um mínimo desagradável quando atinge valores talvez tão básicos ou de "senso comum" que você sempre considerou absolutos...

Imagine um religioso de alguma crença. Suponha que sua religião sempre lhe pregou que não existem espíritos ou demônios ou mesmo que nada imaterial exista. Então quando em sua família aparece um relato de experiências espirituais ou ele mesmo é obrigado a tomar esta conclusão é levado a reexaminar tudo que sempre lhe serviu de base religiosa sólida, podendo daí concluir ou não a veracidade da existência imaterial.
Outro exemplo: imagine uma pessoa de gênio difícil. Ela segue a vida maravilhosamente até perceber que ninguém segue a vida com ela, sente que está sozinha no mundo e precisa de amigos... Ela então começa a se perguntar porque não tem amigos e entra em conflito se sentindo obrigado a abrir mais a mente às outras pessoas.
Muitos outros casos poderiam ser mencionados, não pretendo perder a generalidade.

E ai, como em tudo, há dois caminhos (principais) a traçar, o caminho da mudança e o caminho "da âncora". Acho que muitos livros de auto-ajuda devem abordar essas situações e, obviamente, enésimas outras mais comuns, mas entendo que a idéia principal é a percepção de que tudo isso se trata de um aprendizado, e portanto a questão deve ser tratada criteriosa e cuidadosamente como tal, levando em consideração as novas idéias como verdadeiras e como falsas e entendendo todas as implicações.
Não venho aqui, em aparente desacordo com o primeiro exemplo, difundir idéias religiosas. Venho unicamente salientar a importância da mudança de opinião na vida das pessoas. Pois as questões que nos brotram dia-a-dia muitas vezes são reflexos de nossas próprias atitudes e opiniões erradas ou preconceituosas. A mudança de opinião não é motivo de vergonha e sim de orgulho, uma vez que o ser humano teve a coragem suficiente de lutar contra muitos "monstros" pessoais e ainda vencer essa luta, única forma de crescer espiritualmente.

Um aluno compreende que é errado desrespeitar o seu professor. Porém a situação da escola não é muito "de ligar" para essas reflexões e ai o aluno, em um dia de euforismo, acaba o desrespeitando explicitamente. Em verdade se sente certo e gosta da atitude, reflexo do orgulho pessoal humano, e acaba tornando sua atitude frequente.Está certo esse menino?

Nem todas as novas opiniões são certas e devem ser tomadas como tal, como acontece com os maus costumes que a massa popular adota, assim vou repetir o que escrevi antes: "a questão deve ser tratada criteriosa e cuidadosamente" e com tempo suficiente para amadurecer cada idéia nova que surgir e se mostrar correta.
O ser humano é capaz de crescer e também é capaz de estacionar na vida, basta que queira isto. A mudança de opiniões e valores pode mostrar que a pessoa está se tornando cada vez uma pessoa melhor, admitindo que ela sempre está aprendendo e, portanto, melhor do que estava na situação anterior.

5 comentários:

Silvia disse...

É gostei muito desta postagem.
É,como diz o ditado,"Errar é humano ,permanecer no erro é burrice", mas para ñ permanecermo s no erro, temos que achar o "negócio" errado.O que é errado para uns ,é certo para outros,a autoanálise é muito difícil no ser humano, o que é errado nos outros é certo em nós.

Eliasibe Luis disse...

Olah Tiago!
È uma boa reflexão que tu traz nesse texto. Refletir sobre as mudanças é essencial, no entanto, tal reflexão tem que julgar se essas mudanças nos levará a caminhos bons.
Falaste de livro de auto ajuda, quero registrar aqui, que não há maior e melhor livro q ajude as pessoas em todos os sentidos de que a BÍBLIA. Quero deixar este livro que é maravilhoso, como indicação de leitura pra ti e para teus leitores.

Quero te convidar para participar do momento biblico no DF nas terças feira. Tenho certeza que vai agregar coisas boas a ti.

Até breve meu caro!
Elisibe Luis.

DEUS ABENÇOE O BRASIL!!!

Eric disse...

Eita olha eu aqui de novo!!!
Desculpa Tiago por nunca mais ter passado por aqui, nem tava atualizando meu flog (mas já atualizei). É como os seus amigos acima disseram e vou concordar com eles é a sua reflexão que foi muito boa. Também tive de mudar minha opnião um dia deixando de ser agnóstico e passando a ser realmente cristão. E quem mudou a minha visão foi o Senhor Jesus, e me mostrou que Ele é o Caminho, a verdade e a vida além disso que me ama e me amou sofrendo morte de cruz por mim. Quem sabe vc também não possa mudar a suaopnião sobre Jesus. Abração Tiago!

Paulo disse...

olha eu aqui denovo!
realmente é um otimo relato concordo com silvia, posso nao ser tão religioso como eliasibe, mas uma coisa é certa a biblia aborda fatos historicos e manifesta a fé, desde que acreditemos nela.
e em relação ao segunto tema proposto: tmb é muito serio analisarmos nossas atitudes.

Franklin David disse...

Opiniões são idéias pessoais que podem não agradar, mas não podemos deixar de dizer a todos o que pensamos...E quase sempre vem essa pergunta: você concorda ou discorda das minhas opiniões? Nesse caso vou concordar em grau e gênero com vc!!!! Vc escreveu muito bem sobre suas idéias pessoais e escreve como ninguém. Valeu irmão sobre o texto,gostei muito. Abracoos